Home Informe por Banco Caixa Econômica Manifestação defende “Caixa 100% pública” em Cascavel

Manifestação defende “Caixa 100% pública” em Cascavel

1
200


Momentos do ato público em defesa da “Caixa 100% pública”, promovido nesta sexta-feira pelo Sindicato dos Bancários de Cascavel

Portando faixas e até um boneco gigante simbolizando o presidente Michel Temer e um fantasma, o Sindicato dos Bancários de Cascavel e Região realizou manifestação na manhã de hoje (27), em frente à agência Centro da Caixa Econômica Federal. O ato foi em defesa da “Caixa 100% pública”, campanha nacional que o movimento sindical bancário vem realizando.

O presidente do Sindicato dos Bancários de Cascavel e Região e da Federação da classe no Paraná, Gladir Basso, destaca que o ato tem o objetivo de ampliar em todo o País a mobilização para barrar a tentativa do Governo Temer de transformar a Caixa, que hoje é 100% pública, em S/A, o que representa o caminho para a sua privatização.

“Estamos mostrando que a Caixa é essencial em áreas como habitação, saneamento, infraestrutura, educação, esporte, cultura e agricultura, enfim, como essa instituição é importante na vida da sociedade brasileira”, defendeu ele durante o ato público.

Na ocasião, Gladir citou alguns números que reforçam esse argumento: no primeiro semestre de 2017, a carteira imobiliária da Caixa somou R$ 421,4 bilhões, com o banco ganhando 1,3 pontos percentuais. de participação no mercado imobiliário, mantendo a liderança com 68,1%. Já as operações de saneamento e infraestrutura cresceram 5,3% no período, com a carteira atingindo os R$ 79,9 bilhões”, lembrou ele.

Além disso, o sindicalista citou que, entre janeiro e junho de 2017, foram pagos cerca de 78,5 milhões de benefícios sociais, num total de R$ 14,2 bilhões, sendo R$ 13,7 bilhões referentes ao Bolsa Família. Em relação aos programas voltados ao trabalhador, a Caixa realizou 196 milhões de pagamentos, que totalizaram R$ 176,6 bilhões.

Também foram realizados 33,7 milhões de pagamentos de aposentadorias e pensões aos beneficiários do INSS, correspondendo a R$ 40,7 bilhões. Ao final de junho, a i o banco possuía 84,1 milhões de correntistas e poupadores.

Fonte: Seeb Cascavel /Fotos: Jaime Scussiatto e Júlio Miotto

Diretoria Executiva da CONTEC 

Veja Também

Sugestão

Santander é condenado a indenizar ex-funcionário que fazia transporte de valores

Banco também terá que pagar horas extras decorrentes da inobservância do intervalo remuner…