Home Contec Online 2009 Junho 2009 Inf.09/641 – BB QUER LIDERAR SEGURO DE CARROS

Inf.09/641 – BB QUER LIDERAR SEGURO DE CARROS

0
413
O Banco do Brasil quer ser um dos três maiores no mercado de seguro de automóveis no país, segmento que deve movimentar R$ 18 bilhões este ano em prêmios. Uma das estratégias para isso vai ser a venda de seguros por meio de corretores independentes, fato inédito na história do banco no segmento.

A Brasilveículos, a seguradora do BB especializada em seguro de automóveis, terá em São Paulo uma unidade para cuidar nacionalmente dos corretores. Os primeiros testes de vendas pelos corretores já foram feitos em algumas capitais. Cerca de cem profissionais já comercializam as apólices. Em um primeiro momento, apenas para frotas de carros. Já foram vendidos desses 1,6 mil seguros.

O próximo passo é a venda efetiva, para pessoas físicas, que começa em julho. A expectativa é que ao menos 10% dos prêmios da seguradora (mais de R$ 120 milhões) venham da venda por meio de corretores independentes no primeiro ano da operação, contou ao Valor o presidente da Brasilveículos, Júlio Cezar Alves de Oliveira.

Em 2008, o faturamento da seguradora cresceu 23% e bateu em R$ 1 bilhão, um recorde. Para esse ano, a expectativa é de expansão de 30%, número que, se confirmado, deve ficar bem acima da média do mercado. O setor cresceu 10% nos primeiros quatro meses do ano, segundo os dados mais recentes da Superintendência de Seguros Privados (Susep). Com isso, surpreendeu especialistas, que esperavam vendas menores por conta da crise. Mas a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) acabou ajudando o setor, avalia o consultor especialista em seguros Luiz Roberto Castiglione.

A Brasilveículos cresceu 20% em prêmios e 35% em lucro líquido de janeiro a abril. Só em maio, segundo dados da própria empresa, teve aumento de 18% nas vendas.

Além dos corretores, projeto mantido a sete chaves na Brasilveículos, a seguradora aposta também nas vendas via internet, que hoje respondem por 12% do total. Para estimular as vendas eletrônicas, passou a parcelar em dez vezes sem juros as compras pela web. Só em maio, as vendas subiram 199% por esse canal.

Mas a grande aposta é com os corretores. Até agora, o principal e maior canal de vendas era a corretora do próprio banco e suas mais de 5 mil agências, gerando conflitos com os profissionais do setor. O Sincor-SP (o sindicato dos corretores paulistas), por exemplo, nem cita a Brasilveículos no ranking que elabora das maiores do mercado, que lista apenas as seguradoras que vendem via corretores de seguro.

Mas essa relação deve mudar, porque a seguradora promete oferecer aos corretores condições “efetivamente competitivas”. Nisso estão incluídos as comissões, estrutura de atendimento, suporte tecnológico e operacional e condições comerciais. Além disso, promete outros serviços, como cartões de crédito, atendimento também pela internet e cursos para treinamento.

O mercado de automóveis é dominado pela Porto Seguro, que sozinha tem mais de 20% do setor e é a mais admirada pelos corretores. SulAmérica e Bradesco vêm em seguida. A estratégia da Brasilveículos é estar uma das três maiores já a partir de final de 2010. Além dos automóveis, a seguradora também aposta em novos produtos. Lançou uma apólice para motos de alta cilindrada, que já conta com 600 contratos fechados. Também entrou no mercado de caminhões e agora prepara um seguro de carros só para jovens.
Fonte: Valor Econômico

Diretoria Executiva da CONTEC

Sugestão

Custom Research Paper Writing

Customized research paper is a paper that is completely designed and written by the writer…