Home Informe por Banco Itaú Após batalha judicial de 15 anos, Justiça condena Itaú a indenizar funcionária com LER em R$ 50 mil

Após batalha judicial de 15 anos, Justiça condena Itaú a indenizar funcionária com LER em R$ 50 mil

0
716

Bancária trabalhou por 31 anos no Itaú e, ao longo deste período, adquiriu Lesões por Esforços Repetitivos (LER), e banco não tomou medidas preventivas, segundo advogados; com a decisão do TST, além da indenização, banco será obrigado a pagar pensão mensal (Por Ivan Longo)

Em decisão proferida na última quarta-feira (24), a 8ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST) condenou o banco Itaú a pagar uma indenização de R$ 50 mil a uma ex-funcionária que, ao longo de mais de 30 anos de trabalho no banco, foi acometida por uma doença ocupacional.

Contratada em 1985 como digitadora-trainee pelo Unibanco, a bancária Valéria Gomes Ribeiro adquiriu Lesões por Esforços Repetitivos (LER) em 1988 e, ao longo do tempo, o quadro da doença ocupacional foi se agravando. De acordo com advogados do escritório João Tancredo, que auxiliaram Valéria no processo, o Itaú não tomou as medidas necessárias de prevenção com relação à doença.

O processo trabalhista teve início em 2004 e, em 2016, Valéria foi demitida.

Além da indenização, a ministra Dora Maria da Costa, relatora do caso no TST, determinou ainda que o Itaú pague pensão mensal à ex-funcionária, algo que foi negado em decisões de 1ª e 2ª instâncias.

‌“É uma vitória após 15 anos de luta na Justiça, mas é uma vitória parcial. Os valores seguem muito baixos diante dos danos sofridos por nossa cliente ao longo dos últimos 30 anos. Iremos recorrer”, disse o advogado João Tancredo.

‌Em nota enviada à reportagem da Fórum, o Itaú informou que “zela pela saúde e pelo bem-estar de seus colaboradores, investindo continuamente na melhoria de sua qualidade de vida por meio de iniciativas que abrangem as dimensões emocional, interpessoal, ocupacional e social”.

‌“Em relação ao caso em questão, o banco informa que cumprirá a decisão da Justiça”, completou o banco na nota oficial.

Confira aqui a íntegra da decisão da Justiça.

Fonte: Forum

Diretoria Executiva da CONTEC

Sugestão

Impacto da pandemia tira até um quarto do rendimento dos trabalhadores no País

Dados do IBGE mostram que prejuízo foi maior para os empregados que não chegaram a complet…