Home Informe por Banco Banco do Brasil Associados da Previ podem suspender parcelas de empréstimo

Associados da Previ podem suspender parcelas de empréstimo

0
229

Os associados da Previ que possuem operações ativas de Empréstimo Simples podem suspender as prestações dos meses de abril, maio e junho, exceto para operações de ES 13º.

A opção estará disponível a partir das 10h do dia 26/3 até 1/4, pelo autoatendimento do site Previ. A medida, aprovada pela Diretoria Executiva na última sexta-feira, 19/3, tem como objetivo ajudar na preservação do fluxo de caixa dos associados, tanto do Plano 1 quanto do Previ Futuro, e atenuar possíveis impactos negativos que os participantes e seus familiares possam sofrer no orçamento devido ao agravamento da pandemia de Covid-19.

Antes de fazer a suspensão, é importante analisar se ela é realmente necessária. O Empréstimo Simples foi concebido para ser liquidado em um prazo determinado na sua contratação. Logo, quando ocorre a interrupção do pagamento de prestações, o saldo fica desequilibrado, já que continua a ser corrigido sem que haja amortização de prestação.

Com isso, para as operações vigentes contratadas até 20/1/2015, que têm suas prestações reajustadas pelo INPC acumulado independente do saldo devedor, pode ser gerado um resíduo ao final do prazo contratado. Esse valor poderá ser refinanciado em, no máximo, seis meses. Já para as operações “em ser” contratadas a partir de 21/1/2015, pode ocorrer um aumento significativo no valor da prestação, que é recalculada a cada aniversário do contrato.

Fonte: Previ

 

Diretoria Executiva da CONTEC

Sugestão

Agora, CAT é exclusivamente por meio eletrônico

O Ministério da Economia publicou nesta segunda-feira (19/4), no Diário Oficial da União, …