Home Informe por Banco Banco do Brasil Banco do Brasil pode ser investigado por anunciar em sites que propagam FAKE NEWS

Banco do Brasil pode ser investigado por anunciar em sites que propagam FAKE NEWS

1
565

A CPI da Fake News, comandada pelo senador baiano Angelo Coronel (PSD), deve convocar o presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, a prestar esclarecimentos sobre a manutenção de publicidade no site o Jornal da Cidade Online, investigado pela comissão por espalhar notícias falsas (fake news).

Ontem mesmo (27), o Tribunal de Contas da União (TCU) proibiu a contratação por parte da diretoria de comunicação do banco de qualquer veículo investigado por produção de fake news.  A determinação veio no mesmo dia em que a Polícia Federal colocou nas ruas, a mando do Supremo Tribunal Federal STF), uma operação específica para combater a disseminação das noticias.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), também afirmou que pautará para a próxima semana a votação de um projeto de lei que combate as notícias falsas. O projeto 2.630/2020 que institui a Lei Brasileira de Liberdade, Responsabilidade e Transparência na Internet, criando mecanismos para garantir mais transparência nas redes sociais e em serviços de troca de mensagens, como o WhatsApp.

 

Diretoria Executiva da CONTEC

Sugestão

BRB lança edital para profissionais de Educação Física

O Banco de Brasília (BRB), pela primeira vez na história, vai produzir um edital específic…