Home Contec Online Bancos dizem preparar fórmula para reduzir juros do cheque especial

Bancos dizem preparar fórmula para reduzir juros do cheque especial

0
7,026

Institui√ß√Ķes v√£o propor que clientes que usarem 15% do limite da conta por 30 dias ter√£o como op√ß√£o uma opera√ß√£o de cr√©dito mais barata

BRAS√ćLIA – Bancos v√£o oferecer uma porta de sa√≠da ao cheque especial para clientes que usarem 15% do limite da conta por 30 dias e a ades√£o a essa nova opera√ß√£o mais barata n√£o ser√° obrigat√≥ria, como acontece com quem usa o rotativo do cart√£o de cr√©dito. O modelo desenhado para reduzir o juro cobrado no cheque especial foi apresentado pela Federa√ß√£o Brasileira de Bancos (Febraban) ao Banco Central e deve ser anunciado ainda em mar√ßo para vigorar no segundo semestre, talvez em julho.

Duas fontes que acompanham as discuss√Ķes disseram ao Estad√£o/Broadcast que o modelo de autorregula√ß√£o do cheque especial est√° praticamente pronto e j√° conta com o aval do Banco Central para a maioria dos pontos. Proposta pelos bancos, mas sob supervis√£o do BC, a nova regra tem como objetivo reduzir o custo do cr√©dito cuja taxa m√©dia ficou em 324,7% ao ano em janeiro, pouco abaixo do rotativo do cart√£o que cobrou 327,9%. A iniciativa foi antecipada pelo Estad√£o/Broadcast em janeiro.

Cheque especial
Nova medida para cheque especial foi apresentada ao Banco Central pela Febraban Foto: Dida Sampaio/Estad√£o

A principal caracter√≠stica do novo modelo √© que a ades√£o ao cr√©dito mais barato n√£o ser√° obrigat√≥ria. Quando o correntista usar ao menos 15% do limite da conta por 30 dias, o banco vai propor linhas de cr√©dito alternativas com juros menores. A oferta, segundo as fontes, ser√° feita de ‚Äúforma enf√°tica‚ÄĚ.

Clientes que não aderirem à operação de crédito proposta não sofrerão nenhum tipo de punição e o uso do limite da conta seguirá normalmente, segundo as fontes. A adesão não obrigatória é diferente do adotada no cartão de crédito, onde o cliente que usar o rotativo por mais de 30 dias deve obrigatoriamente pagar a conta ou aderir a uma nova operação mais barata. Se não fizer nada no cartão, entra na lista de inadimplentes.

Durante as negocia√ß√Ķes sobre o novo modelo, bancos e o pr√≥prio BC chegaram ao entendimento de que o modelo ideal n√£o deveria ser o de ades√£o obrigat√≥ria porque a solu√ß√£o aplicada ao rotativo sofreu cr√≠ticas e questionamentos legais de entidades de defesa do consumidor e at√© do Minist√©rio P√ļblico.

Regras. A Febraban pretende anunciar o novo modelo ainda este m√™s e o calend√°rio proposto prev√™ in√≠cio de funcionamento das regras em julho. H√°, por√©m, alguns pontos a serem desenvolvidos pelos bancos. O principal deles √© um sistema que permita √†s institui√ß√Ķes financeiras comprovar ao BC que foi feita oferta de cr√©dito mais barato ao cliente que estiver pendurado no especial.

Bancos estão desenvolvendo plataformas para conseguir comprovar a oferta ao BC. Se esse trabalho para criação dos sistemas atrasar, o início das novas regras poderia ser postergado em algumas semanas, talvez para agosto ou setembro.

Algumas institui√ß√Ķes tamb√©m est√£o preocupadas com os chamados clientes ‚Äún√£o digitais‚ÄĚ. Correntistas com relacionamento tradicional que t√™m contato com o banco apenas por meio da ag√™ncia, por exemplo, ter√£o dificuldade em serem avisados com rapidez de que est√£o usando mais de 15% do limite da conta.

Procurado, o BC informou que o assunto está na alçada da Febraban. A reportagem não conseguiu contato com a Febraban.

Fonte: O Estado de S.Paulo

Diretoria Executiva da CONTEC

 

Veja Também

Sugest√£o

Geração de emprego formal cai em maio e é a pior do ano

O Brasil registrou, em maio, o pior resultado do emprego formal em 2018, de acordo com dad…