Home Informe por Banco Caixa Econômica Caixa determina que clubes de futebol deixem de estampar marca nos uniformes

Caixa determina que clubes de futebol deixem de estampar marca nos uniformes

1
2,077

A Caixa Econômica Federal fez uma orientação aos clubes com os quais tinha contrato de patrocínios em 2018 para que não utilizem a marca do banco. A informação foi divulgada pelo UOL e confirmada pela Gazeta do Povo. É mais um indício de que a empresa deixará de lado o investimento no futebol brasileiro.

Athletico, Coritiba e Paraná estavam entre os 24 patrocinados pelo banco em 2018 e já providenciaram a retirada do logotipo de uniformes de jogo e treinamento (foto acima). Veja qual será o impacto para os paranaenses caso seja confirmado o fim da parceria.

Em anos anteriores, os clubes mantinham a marca da Caixa enquanto ocorria nova negociação de patrocínio. Em 2018, 10 campeonatos e 24 clubes receberam R$ 138,7 milhões. Deste montante, o Coritiba angariou R$ 3 milhões, o Athletico R$ 6 milhões e o Paraná outros R$ 5 milhões.

O patrocínio da Caixa aos clubes foi recentemente criticado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. O montante investido pela estatal representa 25% da verba publicitária da empresa, segundo dados do Tribunal de Contas da União (TCU).

De acordo com dados repassados pelo banco ao portal InfoMoney, a estatal gastou R$ 663,6 milhões com patrocínios no futebol desde 2012, quando iniciou os aportes no esporte.”

Fonte: Gazeta do Povo

 

Diretoria Executiva da CONTEC

Veja Também

Sugestão

Cassi afirma que nenhuma proposta de mudança do custeio alterou a contribuição patronal de 4,5%

Nesta quinta-feira (15), a Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil (Cassi…