Home Informe por Banco Bradesco Fechamento de agências do Bradesco em Manaus – AM

Fechamento de agências do Bradesco em Manaus – AM

0
8,864

O sindicato dos bancários do Amazonas vem recebendo inúmeros e-mails e telefonemas referentes ao fechamento de agências do antigo HSBC, fato este ocorrido em vários estados do país, mas a preocupação maior é a demissão dos trabalhadores que atuam nestas agências. No Amazonas a primeira agência a ser fechada será o ex-HSBC teatro, localizado na rua 24 de maio.

O SEEBAM que tem como uma das ações principais o combate às demissões dos bancários e bancarias contatou com setor de relações sindicais na Matriz, São Paulo, para prestar mais informações sobre o encerramento das atividades desta agência. Em resposta ao Sr. Gilmar Lepchak, relações sindicais Bradesco, informou que a agência ex-HSBC, teatro será a única a ser fechada em Manaus no momento e não há um cronograma de fechamento de agências. Disse ainda que são analisados mensalmente caso a caso a lucratividade de cada agência e posteriormente a decisão de fechamento ou não de uma agência. Entretanto, o Sr. Lepchak garantiu a manutenção do emprego de todos os funcionários do posto em questão e que estes serão transferidos para a agência Eduardo Ribeiro (482). Ressaltando que a reforma do funcionário é essencial para mantê-lo no banco, independente de agência fechar ou não. Em contra partida a direção do SEEBAM afirmou que a manutenção dos postos de trabalho é fundamental para que as agências mantenham um bom atendimento e agilidade nos serviços. Ainda mais, as agências no Amazonas que sempre estão superlotadas, principalmente na zona Leste, Norte da cidade de Manaus e nos demais municípios. Enfatizando que Manaus é a sexta cidade mais rica do Brasil, contribuído com 1,3% do BIP nacional.

Por isso, Manaus necessita de mais bancários e bancárias para atender a demanda econômica do modelo da Zona Franca. E o Bradesco precisa contribuir com sua função social nos outros municípios, pois podemos considera que no futuro próximo a Amazônia será a região que produzirá as maiores riquezas de nosso país: minério, agroindústria e a própria fortuna que é a floresta. Assim, o Sindicato dos Bancários do Amazonas continuará lutando pela manutenção dos empregos tanto no Bradesco como em outros bancos. Caso, continue a tendência de fechamento de agências no estado, o sindicato fará manifestações em frente as prováveis agência e nas superintendências e direções dos bancos alertado a população e clientes do perigo e da queda no patrão no atendimento e tempo de atendimento.

O SEEBAM buscará apoio no poder legislativo e judiciário para que os clientes e usuários do sistema bancários não sofram mais do que já vem sofrendo. E o mais importante: a manutenção dos empregos dos bancários e bancarias, pais e mães de famílias.

Fonte: SEEB-AM

Diretoria Executiva da CONTEC

Sugestão

INSS vai aumentar capacidade de atendimento da Central 135

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) informa que contratará mais uma central de at…