Home Contec Online Funcionária do Bradesco demitida em licença saúde é reintegrada por determinação da Justiça do Trabalho

Funcionária do Bradesco demitida em licença saúde é reintegrada por determinação da Justiça do Trabalho

0
512

Nos últimos meses o Bradesco demitiu diversos trabalhadores na cidade de Franca e também em outros municípios da região. Porém, em outubro a face mais cruel desta enxurrada de demissões em plena pandemia da Covid-19 veio à tona. Uma funcionária da cidade que estava em licença saúde recebeu um telegrama informando-a do seu desligamento da empresa.

Desde o início do mês de outubro o Bradesco já tinha ciência de seu afastamento, através dos atestados médicos que a funcionária havia enviado ao banco e mesmo assim a empresa não hesitou em demiti-la, ignorando completamente seu estado de saúde.

Diante disso, a bancária procurou o sindicato, que acionou seu departamento jurídico através do Dr. Antônio Carlos Saraúza, que a orientou a respeito da ação jurídica cabível neste caso, que era o pedido de reintegração à Justiça do Trabalho.

Na semana passada a justiça foi feita e o Dr. Adriel Pontes de Oliveira, juiz da 2ª Vara do Trabalho de Franca, determinou ao Bradesco a reintegração da bancária, sob pena de aplicação de multa em caso de descumprimento.

“Por consequência, por reputar presentes os requisitos no artigo 300 do CPC, defiro a concessão da tutela de urgência pretendida, determinando que a reclamada efetue a reintegração da reclamante, mantendo-se íntegro o contrato, como se nunca tivesse havido a rescisão contratual. A negativa da reclamada poderá dar ensejo à aplicação de multa por descumprimento”, disse o magistrado em sua decisão.

Fonte: Sindicato dos Bancários de Franca

Diretoria Executiva da CONTEC

Sugestão

Governo sanciona lei que garante trabalho remoto para grávidas durante pandemia

Texto publicado no Diário Oficial prevê que empregadas gestantes devem permanecer afastada…