Início » Onyx sinaliza que pacote trabalhista voltará ao Congresso após rejeição no Senado

Onyx sinaliza que pacote trabalhista voltará ao Congresso após rejeição no Senado

postado Assessoria Tiago
257 visualizações

Senado rejeitou nova reforma trabalhista (MP 1.045/21) no começo deste mês

O ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni (foto), sinalizou que o governo tentará emplacar novamente o pacotão trabalhista rejeitado recentemente no Senado. Em evento ao lado do presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), o chefe da pasta defendeu oportunidades no mercado de trabalho fora da carteira assinada.

No dia 1º de setembro, o Senado rejeitou medida provisória (MP 1.045/21) que instituía novos programas trabalhistas, alterando a CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), promovendo a contratação sem carteira assinada.

As mudanças foram criticadas por centrais sindicais e parlamentares.

Nesta segunda-feira (20), durante convenção da Abras (Associação Brasileira de Supermercados), Onyx defendeu a flexibilização da legislação trabalhista e novos programas de emprego e qualificação profissional.

“Foi isso que passou pelo Congresso e vai voltar porque precisamos juntar 2 coisas no Brasil para além da carteira assinada: é oportunidade e qualificação. O Brasil precisa cada vez que esse binômio seja compreendido e entendido no mercado do trabalho”, disse o ministro.

Fonte: Diap
Diretoria Executiva da CONTEC

Deixe um Comentário

Notícias Relacionadas