Home Contec Online OUTUBRO ROSA CHEGOU. ATENÇÃO AO CÂNCER DE MAMA!

OUTUBRO ROSA CHEGOU. ATENÇÃO AO CÂNCER DE MAMA!

0
2,316

Mais uma vez, o edifício da CONTEC se iluminou de cor-de-rosa para lembrar a todos que estamos no “Outubro Rosa”, movimento mundial de alerta, conscientização  e combate ao câncer de mama. A campanha dura o mês inteiro e busca alertar sobre os riscos e a necessidade de diagnóstico precoce deste tipo de câncer, que é o segundo mais recorrente no mundo, perdendo apenas para o de pele.

O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula campanhas e engajamento da população, empresas e entidades.

O alerta é principalmente para que as mulheres procurem regularmente o médico e realizem a cada dois meses os exames de mamografia porque o melhor caminho contra o câncer ainda é a prevenção.

Quando deve-se suspeitar de um câncer de mama, confira algumas características:

1. Liberação de líquido pelo mamilo, especialmente sangue;
2. Veias facilmente observáveis e que aumentam de tamanho;
3. Nódulo ou caroço na mama, que está sempre presente e não diminui de tamanho;
4. Vermelhidão, inchaço, calor ou dor na pele da mama;
5. Presença de um sulco na mama, como se fosse um afundamento de uma parte da mama;
6. Alteração na coloração ou forma da aréola;
7. Formação de crostas ou feridas na pele junto do mamilo;
8. Alterações do tamanho ou forma da mama;
9. Coceira frequente na mama ou no mamilo;
10. Inchaço e nódulos frequentes nas ínguas das axilas;
11. Endurecimento da pele da mama, semelhante a casca de laranja.

A melhor forma de identificar estas alterações é procurar um mastologista e fazer o autoexame regular da mama, pois ajuda a mulher, e o homem, a entender melhor a anatomia da sua mama ao longo do tempo, permitindo identificar pequenas alterações logo que surjam.

Diretoria Executiva da CONTEC 

Veja Também

Sugestão

Reforma Trabalhista: OIT solicita ao governo revisão de pontos da Lei 13.467/17

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) cobrou do governo federal a revisão de ponto…