Início » Maior fundo soberano do mundo exige neutralidade de carbono até 2050

Maior fundo soberano do mundo exige neutralidade de carbono até 2050

postado Assessoria Sarah

O fundo norueguês tem capital em mais de 9.000 empresas em 70 países

O maior fundo soberano do planeta, o da Noruega, anunciou na terça-feira (20) que exigirá a neutralidade de carbono até 2050 das 9.000 empresas de todo o mundo em que tem participações.

“Estabelecemos um objetivo de emissões líquidas zero até 2050, no mais tardar, para todas as empresas”, afirmou em um comunicado Carine Smith Ihenacho, diretora de governança do fundo.

“Vamos nos envolver com as empresas para alcançar este objetivo, definindo metas preliminares confiáveis e aplicando planos para reduzir as emissões diretas e indiretas de gases de efeito estufa”, acrescentou a diretora do fundo soberano norueguês.

O fundo soberano é alimentado, paradoxalmente, pelas receitas petrolíferas do Estado norueguês e atualmente tem um capital de 12 bilhões de coroas (US$ 1,3 trilhão ou cerca de R$ 6,7 trilhões). O fundo investiu em mais de 9.000 empresas espalhadas por 70 países

Possui o equivalente a 1,3% da capitalização em Bolsa do mundo, além de investimentos em títulos e projetos em setores como a construção civil ou energias renováveis, entre outros.

Com o novo plano, o fundo soberano está alinhado com uma decisão tomada pelo Parlamento norueguês, que este ano estabeleceu a meta de neutralidade de carbono até 2050.

Fonte: Folha de São Paulo

www.contec.org.br

image_pdfimage_print

Deixe um Comentário

Notícias Relacionadas