Início » 28 DE FEVEREIRO: Dia Mundial de Combate a LER/Dort

28 DE FEVEREIRO: Dia Mundial de Combate a LER/Dort

postado Assessoria Renata
153 visualizações

Nesta segunda-feira (28/2) é comemorado o Dia Mundial de Combate às Lesões por Esforços Repetitivos (LER) e Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (Dort)

A data  foi escolhida pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) para destacar a relação direta das atividades laborais com o desenvolvimento desses distúrbios, que atinge milhões de brasileiros.

O ambiente de trabalho, quando algumas precauções não são tomadas, podem propiciar alguns problemas, como a LER.

São, na maioria das vezes, fruto de sobrecargas – envolvendo postura inadequada, excesso de força, entre outros – que também são nocivas ao trabalhador.

Os distúrbios mais frequentes são as tendinites (principalmente na região do ombro, cotovelo e punho), as lombalgias (ou seja, dores na região lombar) e as mialgias (dores musculares em vários locais do corpo).

No Brasil, segundo dados do INSS, as chances de um bancário ser vítima de LER/Dort são 150% maiores do que a população em geral. Por isso, a atenção da categoria deve ser redobrada.

A LER/Dort pode atingir qualquer pessoa que execute determinado movimento repetidamente, como digitar, usar o celular, limpar a casa, escrever na lousa, carregar peso, tricotar, jogar videogame e muito mais. Dentre os principais sinais e sintomas de LER/Dort estão:

  • Dor localizada, especialmente nos membros superiores e dedos;
  • Dificuldade de movimentação;
  • Fraqueza, cansaço, peso, dormência, formigamento, sensação de diminuição, perda ou aumento de temperatura e sensibilidade;
  • Redução na amplitude do movimento;
  • Dificuldades para o uso dos membros, particularmente das mãos, e, mais raramente, sinais flogísticos e áreas de hipotrofia ou atrofia.

Se há qualquer desses sintomas no seu dia a dia procure um médico. Exercícios diários e uma postura adequada e acompanhada por especialistas pode ajudar a evitar as dores provocadas pela LER/Dort.

Deixe um Comentário

Notícias Relacionadas