Início » Dieese alerta para aumento no custo de vida e reforça reivindicações dos bancários

Dieese alerta para aumento no custo de vida e reforça reivindicações dos bancários

postado Assessoria

Em junho de 2022, o salário mínimo necessário para a manutenção de uma família de quatro pessoas (dois adultos e duas crianças) deveria equivaler a R$ 6.527,67, ou 5,39 vezes o mínimo de R$ 1.212,00. Essa é a constatação dos estatísticos do DIEESE, na Pesquisa
Nacional da Cesta Básica de Alimentos (PNCBA), realizada mensalmente.

“Em 12 meses (entre junho de 2022 e junho de 2021), a comparação do valor da cesta mostrou que todas as capitais tiveram alta de preço”, destaca o documento.

Segundo o estudo, as cestas mais caras foram verificadas em São Paulo (R$ 777,01), Florianópolis (R$ 760,41), Porto Alegre (R$ 754,19) e Rio de Janeiro (R$ 733,14).

A constatação reforça o pedido da categoria bancária que reivindica nesta campanha salarial a recomposição do INPC sobre salários mais reajuste real de 5%. O pedido também se estende ao tíquete alimentação e refeição, cujo pedido é aumento de 12% mais o INPC.

A categoria bancária assim como diversos trabalhadores brasileiros sofre com perda do poder de compra. Os bancos lucraram bilhões e bilhões de reais com a força do trabalho dos bancários que se expuseram – em sua maioria – em agências, mesmo durante a pandemia, para não prejudicar o sistema financeiro.

image_pdfimage_print

Deixe um Comentário

Notícias Relacionadas