Início » Bandeprev: Reunião com forças políticas e sindicais, em PE

Bandeprev: Reunião com forças políticas e sindicais, em PE

postado Assessoria Igor

Balanço da reunião em defesa da Bandeprev, que aconteceu nesta segunda-feira (22).

1) Precisamos continuar unidos e buscando novos aliados que apoiem nossa luta em defesa da Bandeprev;
Buscarmos nos associar com outros Fundos de Pensão, outros grupos e associações de aposentados que estejam na mesma luta que a nossa, visando fortalecer nosso movimento ;

2 ) Destacou-se a importância de cada um de nós ser multiplicador de nossa luta, levando a cada aposentado, pensionistas e ativos , os riscos e ameaças que estamos enfrentando em defesa de nosso patrimônio, pois ainda existem muitos de nós que não sabem ou não estão envolvidos, e precisamos de todos eles nessa luta ;

3 ) Utilizarmos o Estatuto do Idoso como alavanca para nossas reinvidicações ;

4 ) Faz-se necessário entendermos que é fundamental mudarmos o ambiente político atual que nos desfavorece com a perda de direitos, e favorece ao Santander , que altera o nosso Estatuto a seu bel prazer e tem o aval da PREVIC que deveria cumprir o seu papel e ficar do nosso lado. O Santander e todos os bancos tem as ” costas quentes ” , o aval da política econômica atual e da forma neoliberal de administrar o país e as nossas vidas. Ou seja, o ambiente político atual é favorável a retirada de direitos dos trabalhadores , dos aposentados, dos cidadãos mais vulneráveis de uma forma geral , em favor dos Bancos , dos que detém poder econômico e político, em detrimento de todos nós. Foi assim com a reforma trabalhista e foi assim com a reforma previdênciária, onde foram mantidos e até ampliados privilégios para as classes dominantes e reduzidos/suprimidos direitos da massa dos trabalhadores , e vai seguir sendo assim se não mudarmos esse ambiente nas próximas eleições .
Em resumo precisamos pensar estrategicamente e eleger representantes que defendam direitos trabalhistas, previdenciários, dos aposentados , dos idosos. Senão estamos fadados a uma luta inglória. Não teremos força suficiente para vencer nossos algozes nesse ambiente político atual, no caso específico o Santander. Mas também em todas as situações onde tenhamos que defender nossos direitos como seres humanos , como aposentados , etc. É isso que temos constatado nos últimos tempos.

Fonte: UGT – PE

www.contec.org.br

image_pdfimage_print

Deixe um Comentário

Notícias Relacionadas