Início » CEBNN/CONTEC exige proposta global para as econômicas

CEBNN/CONTEC exige proposta global para as econômicas

postado Assessoria Igor

CAMPANHA SALARIAL

Nesta quarta-feira (24), em reunião presencial em São Paulo, a CEBNN/CONTEC negociou e negou a proposta da FENABAN relativa à Participação nos Lucros e Resultados dos trabalhadores bancários.

A representante dos bancos apresentou um cálculo diferente da inflação para medir a PLR. O índice equivale a 6,73%, porcentagem oferecida na proposta de reajuste sobre todos os limites da CCT vigente.

Para chegar a este resultado a FENABAN reduziu 2,15% do INPC, que segundo eles representa a inflação dos alimentos e refeições, com a inflação em 8,88%.

“A Contec não aceitou esta proposta porque não garante aumento real aos trabalhadores, que é o que buscamos aqui. Esta proposta encaminhada pelos patronais é inferior à inflação, um absurdo.” comentou o presidente da CEBNN/CONTEC, Lourenço Prado, sobre a decisão de negar a proposta.

Após horas de negociações intensas, a CONTEC pediu que a FENABAN assegurasse aos representantes da Comissão, que os trabalhadores demitidos ou que pediram desligamento terão a PLR garantida, proporcional ao período trabalhado.

A Contec informou a FENABAN que exige debater uma proposta global e justa para as cláusulas econômicas. A PLR voltará a ser tratada em reunião nesta quinta-feira (25), às 14 horas, de forma presencial.

Orientamos que os trabalhadores bancários se mantenham empenhados nesta marcha da Campanha Salarial, para atingir, juntos, vitórias importantes para toda categoria.

Comissão Executiva Bancária Nacional de Negociação- CEBNN/CONTEC

www.contec.org.br

image_pdfimage_print

Deixe um Comentário

Notícias Relacionadas