Início » Nubank é campeão em reclamações por invasão ao celular

Nubank é campeão em reclamações por invasão ao celular

postado Assessoria Igor
  • Redes estão diversas de relatos de clientes da fintech que tiveram suas contas invadidas;
  • Nubank, Mercado Pago e PicPay são responsáveis por mais das metades das reclamações;
  • Levantamento foi feito pelo ReclameAqui, com base nos dados da plataforma.

O maior banco digital do Brasil, Nubank, é líder de reclamações no Brasil quando o assunto é roubo de celular e invasão de contas, é o que revelou um levantamento da plataforma ReclameAqui, onde os usuários podem avaliar o atendimento e o problema das mais diversas empresas do Brasil.

O aplicativo da fintech é constantemente elogiado pela usabilidade, apresentando uma interface de fácil entendimento e acesso simples. Embora seja bom para seus clientes, essa usabilidade parece ser também boa para os criminosos, que conseguem entrar facilmente na conta do usuário ao roubar seu celular.

De acordo com o levantamento do ReclameAqui, o Nubank teve 299 reclamações no primeiro semestre de 2022 sobre invasão de contas. Em segundo lugar aparece o Mercado Pago, com 270, e o PicPay, com 128 reclamações. As três fintechs são responsáveis por 54% do total de reclamações feitas no período.

As reclamações não se limitam somente à invasão ter acontecido, mas também na dificuldade das empresas em responder os clientes em tempo apropriado. Uma das denúncias afirma que a vítima chegou a ligar para o banco para efetuar o bloqueio do aplicativo e o cancelamento dos cartões, mas mesmo assim os criminosos realizaram compras de mais de R$ 2 mil no cartão virtual, que é protegido por senha.

A mesma vítima relata ainda que fez um boletim de ocorrência junto à delegacia, mas que esse não foi aceito pelo banco por não constar o valor exato da compra indevida.

“Eu não tinha nenhuma visibilidade do que tinha sido feito na minha conta quando fiz o boletim, então fiz um outro B.O., com o valor da compra incluso, e enviei. Todos os dias desde então eu recebo vários e-mails diferentes, de pessoas diferentes, falando coisas diferentes com relação a minha contestação, mas nenhuma resolução. E agora estão me cobrando, já que minha fatura fechou com esse valor incluso”, relatou a vítima.

Nos últimos meses o Nubank também foi alvo de diversas críticas nas redes sociais, onde usuários expuseram dificuldades em conseguir bloquear suas contas, além de demonstrar espanto na facilidade com a qual os criminosos conseguiram entrar em suas contas.

No mesmo relato, a vítima afirmou que em apenas três dias conseguiu resolver os problemas com seu cartão virtual do Itaú, que também estava no celular roubado, enquanto o Nubank demorou mais de 10 dias para apresentar uma solução ao problema.

Fonte: Yahoo

www.contec.org.br

image_pdfimage_print

Deixe um Comentário

Notícias Relacionadas