Início » Consignado do INSS tem nova taxa de juros a partir desta quarta

Consignado do INSS tem nova taxa de juros a partir desta quarta

postado Assessoria Igor

O teto de juros do crédito consignado do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) passa a ser 1,80% a partir desta quarta-feira (13), conforme resolução do CNPS (Conselho Nacional do Previdência Social) publicada pela Previdência Social em 6 de dezembro.

A taxa estava em 1,84% ao mês para o empréstimo pessoal consignado. Para o cartão de crédito consignado e o cartão de benefício, os juros caem de 2,73% ao mês para 2,67%. Pelas regras, os bancos podem cobrar menos, não mais do que o teto estabelecido.

Caso discorde da taxa, a instituição financeira pode deixar de oferecer o consignado.

Os juros têm caído conforme há redução na Selic, que é a taxa básica da economia. Nesta quarta (13), o Copom (Comitê de Política Monetária) se reúne para redefinir a nova Selic. As apostas são de queda de meio ponto percentual, saindo dos atuais 12,25% para 11,75%, mas a confirmação sairá só no final da tarde.

As reduções têm desagradado o setor bancário, que chama a atitude de “falta de responsabilidade com a política de crédito”, culpando diretamente o ministro da Previdência, Carlos Lupi, que tem defendido a queda nos juros todas as vezes que a Selic cair.

“A conduta do ministro da Previdência Social em nada dialoga com os esforços da equipe econômica do governo, que vem adotando várias medidas corretas para melhoria do ambiente de crédito no país”, diz nota da Febraban (Federação Brasileira de Bancos).

A federação afirma que os juros têm caído de forma “artificial”, prejudicando aposentados.

Bancos ouvidos pela Folha informam que vão seguir oferecendo o crédito consignado aos aposentados, pensionistas e demais beneficiários do INSS com direito a esse tipo de empréstimo.

O QUE DIZEM OS BANCOS

A Coopernapi, cooperativa de crédito do Sindnapi (Sindicato Nacional dos Aposentados, Pensionistas e Idosos), diz que reduziu suas taxas de juros do crédito consignado do INSS na segunda-feira (11). A média do percentual cobrado passou a ser de 1,59% ao mês para os associados.

“A nova tabela, que será aplicada em novos contratos e refinanciamentos, mantém a cooperativa com taxas entre as menores do mercado”, diz nota da instituição.

Liliane Stella Beil, diretora presidente da Coopernapi, afirma que a cooperativa tem juros a partir de 1,47%, quando o empréstimo é parcelado entre seis e 12 vezes. “Também temos opção de parcelamento entre 25 e 84 vezes, com juro de 1,78%, também abaixo do teto da Previdência.”

O Itaú Unibanco afirma que continuará oferecendo o empréstimo consignado para beneficiários do INSS após a decisão do CNPS e que os juros serão ajustados ao patamar de 1,80% ao mês a partir desta quarta.

“Vale lembrar que o banco não oferece o produto cartão consignado, apenas a modalidade de empréstimo pessoal para essa linha de crédito”, diz o banco.

Fonte: Folha de S. Paulo

www.contec.org.br

Deixe um Comentário

Notícias Relacionadas